Cutilagem europeia cuida das cutículas sem cortes

As brasileiras já foram famosas por suas unhas com cutículas removidas, mas cada vez mais pessoas estão abrindo mão dos alicates e a cutilagem europeia caiu no gosto nacional. O uso de alicates apresenta diversos riscos para a saúde, além de ser totalmente contraindicado em algumas situações, como para diabéticos, hemofílicos e pessoas em tratamento de câncer. Médicos e esteticistas apontam alguns benefícios do não uso de alicates. São eles: Deixa as unhas mais fortes e saudáveis; Previne doenças infecciosas, como fungos e bactérias nas unhas, uma vez que não arranca de forma abrupta as cutículas; Desacelera o crescimento das cutículas; Evita lesões na pele, os populares “bifes”. Pensando nesse público, a empresa de cosméticos Cora desenvolveu produtos que tratam as cutículas de forma segura, sem abandonar a estética. A marca lançou a linha Kinq, um protocolo com apenas três passos, muito rápidos e fácil de aplicar, podendo ser feita em casa. “O primeiro passo leva apenas 15 segundos, com a aplicação de um emoliente expresso em gel. Essa é a principal etapa, pois é onde acontece de fato as cutículas são removidas com o uso de uma espátula. Em seguida são aplicados os produtos esfoliantes e hidratantes, respectivamente, ambos à base de karité e cravo, fazendo tanto a remoção de resíduos de pele como o reparo total nas unhas”, explica Rafael C. Basílio, CEO da Cora. Para Rafael, a linha já é um sucesso, pois as brasileiras consideram a unha arrumada e esmaltada um elemento essencial para uma boa aparência. “Percebemos que a clientela desejava manter a cutícula bem arrumada, dentro de uma estética nacional, mas não queria mais passar pelo martírio do alicate. Assim, notamos uma necessidade e apresentamos uma solução”, ressalta. O post Cutilagem europeia cuida das cutículas sem cortes apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Dez 2, 2022 - 21:00
 0  9
Cutilagem europeia cuida das cutículas sem cortes

As brasileiras já foram famosas por suas unhas com cutículas removidas, mas cada vez mais pessoas estão abrindo mão dos alicates e a cutilagem europeia caiu no gosto nacional. O uso de alicates apresenta diversos riscos para a saúde, além de ser totalmente contraindicado em algumas situações, como para diabéticos, hemofílicos e pessoas em tratamento de câncer.

Médicos e esteticistas apontam alguns benefícios do não uso de alicates. São eles:

  • Deixa as unhas mais fortes e saudáveis;
  • Previne doenças infecciosas, como fungos e bactérias nas unhas, uma vez que não arranca de forma abrupta as cutículas;
  • Desacelera o crescimento das cutículas;
  • Evita lesões na pele, os populares “bifes”.

Pensando nesse público, a empresa de cosméticos Cora desenvolveu produtos que tratam as cutículas de forma segura, sem abandonar a estética. A marca lançou a linha Kinq, um protocolo com apenas três passos, muito rápidos e fácil de aplicar, podendo ser feita em casa.

“O primeiro passo leva apenas 15 segundos, com a aplicação de um emoliente expresso em gel. Essa é a principal etapa, pois é onde acontece de fato as cutículas são removidas com o uso de uma espátula. Em seguida são aplicados os produtos esfoliantes e hidratantes, respectivamente, ambos à base de karité e cravo, fazendo tanto a remoção de resíduos de pele como o reparo total nas unhas”, explica Rafael C. Basílio, CEO da Cora.

Para Rafael, a linha já é um sucesso, pois as brasileiras consideram a unha arrumada e esmaltada um elemento essencial para uma boa aparência. “Percebemos que a clientela desejava manter a cutícula bem arrumada, dentro de uma estética nacional, mas não queria mais passar pelo martírio do alicate. Assim, notamos uma necessidade e apresentamos uma solução”, ressalta.

O post Cutilagem europeia cuida das cutículas sem cortes apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

MoneyGuru Dinheiro.co - Informações sobre Economia, Dinheiro, Investimentos, Mundo e Tecnologia.