O que são Non-fungible Tokens e quais as suas aplicações na economia moderna

“Non-fungible Token” (NFT) é a sigla em inglês para “Token não-fungível”, mas para entender o seu funcionamento, é necessário compreender primeiro o que são bem fungíveis e bens não fungíveis.

Mai 30, 2021 - 08:39
Mai 30, 2021 - 08:46
 0  49
O que são Non-fungible Tokens e quais as suas aplicações na economia moderna
Cripto Moedas

Non-fungible Tokens

 “Non-fungible Token” (NFT) é a sigla em inglês para “Token não-fungível”, mas para entender o seu funcionamento, é necessário compreender primeiro o que são bem fungíveis e bens não fungíveis.

De acordo com a economia, os bens fungíveis são aqueles que podem ser substituídos por outros da mesma espécie, quantidade e qualidade como, por exemplo, o dinheiro. Já os bens não fungíveis dizem respeito àqueles que não podem ser substituídos por outros da mesma espécie. Obras de arte são tipos de bens não fungíveis.

Agora, tratando especificamente do NFT, ele é uma espécie de chave criptográfica usada de forma único. O detentor do NFT possui um certificado que garante a autenticidade e unicidade dessa chave. Desse modo, não pode ocorrer transações de NFTs ao contrário de outros bens que se valem dos princípios do NFT, mas que podem ser trocados como, por exemplo, as criptomoedas, centradas na figura da bitcoin. O valor do NFT é, portanto, impossível de se medir tendo em vista o exposto acima.

Ainda sobre a tecnologia envolvendo o NFT, ele surgiu em 2012 por meio da Coloured Coins, conhecida como bitcoin 2.0, mas a moeda nunca chegou a ser comercializada. Nos dias de hoje, o NFT mais comum é o padrão ERC-721, que funciona na rede Ethereum.

O NFT, pela sua complexidade, vale-se da tecnologia de blockchain, que permite a validação das operações por várias pessoas. Em termos no mundo real, seria mais ou menos como um grande grupo de pessoas atestar a veracidade de uma joia, por exemplo. Por isso que o preço de tecnologias embasadas no blockchain são tão caras, como é o caso das criptomoedas.

Nesse ponto, é necessário fazer uma diferenciação entre criptomoedas e NFT para deixar bem clara a diferença para o leitor, explicando mais a fundo o que são as criptomoedas.

Criptomoeda é um dinheiro eletrônico que serve para realizar transações e que não está ligada a nenhum país. Como ela não está atrelada a nenhuma regulamentação governamental, é possível dizer que a criptomoeda é uma moeda que obedece estritamente a lei da oferta e da procura de mercado. Embora alguns possam pensar que a criptomoeda não é confiável pela falta de regulamentação, elas são sim um dinheiro extremamente seguro, mais até do que muitas moedas tradicionais. Isso porque a verificação da autenticidade da moeda se dá por todos os usuários da rede de internet, um blockchain. Ou seja, em vez de ter um Banco Central, por exemplo, para verificar se uma moeda é verdadeira, a veracidade da criptomoeda é feita por toda a internet, então a possibilidade de fraudar esse dinheiro é quase nula.

As principais criptomoedas do mercado são a Bitcoin, talvez a mais famosa de todas as criptomoedas; Ethereum; Bitcoin Cash; Litecoin; Ripple; EOS; Binance Coin. A cotação de algumas delas é mais atrativa do que outras, como qualquer outra moeda tradicional. Além disso, vale destacar que algumas delas surgiram nos últimos anos, mas vêm disputando parcela de mercado com a Bitcoin, antes hegemônica no mundo das criptomoedas.

Feita a devida diferenciação uma pergunta permanece: mas, então, qual é a finalidade dos NFTs? Seu uso ainda é embrionário na maioria dos setores e atualmente o NFT está sendo utilizado mais no setor de jogos, artes e colecionáveis. Jogos que se baseiam em produtos colecionáveis, como FIFA e Counter Strike, por exemplo, podem obter ganhos astronômicos ao empregar essa tecnologia, uma vez que itens baseados em NFT gerarão produtos de uma raridade ímpar e, portanto, a procura por esses itens fará o valor deles aumentar logo no lançamento.

A indústria da música também começa a empregar os NFTs, tendo a banda Kings of Leon lançado um novo álbum que continha versões de NFT que disponibilizam alguns benefícios para aqueles que adquiriam essas versões, como artes diferenciadas e outros privilégios. Poucos itens assim foram disponibilizados, o que faz com que o preço após o período de compra aumente e muito, tornando um bom investimento a longo prazo caso o comprador deseje vendê-lo.

Como dito anteriormente, uma das principais vantagens da utilização do “Non-fungible Token” é a garantia da autenticidade e facilidade para se ter essa garantia. Não há a necessidade de uma agência para verificar a veracidade do produto, a própria rede de internet, por meio dos seus usuários, fará esse papel, diminuindo, assim, os gastos e a desburocratização do processo. E é preciso dizer que, ao contrário das criptomoedas, qualquer coisa pode virar um NFT, uma imagem, um livro, uma música. Essa é a principal diferença e vantagem da NFT, porque, embora tudo possa virar um NFT, em teoria, poucas coisas acabam realmente virando um devido ao complexo processo de geração de validade, contribuindo, assim, para a raridade desses itens.

Há, contudo, uma preocupação acerca de questões ambientais envolvendo os NFTs. Em comparação, o mercado de criptomoedas exige que milhares de computadores funcionam diariamente e de maneira ininterrupta para a geração dessas moedas digitais. Isso gera um gasto absurdo de energia e, segundo indícios, esse mercado já gasta 0,6% de todo a energia mundial produzida no ano. Como o NFT tem como base o mesmo princípio das criptomoedas, o blockchain, espera-se um gasto muito alto com energia desse setor, que por ora está embrionário.

A tecnologia de blockchain e suas derivações, as criptomoedas e o NFT, com certeza alteraram e alterarão ainda mais as relações econômicas do mundo. O ramo de criptomoedas está muito disputado, no qual uma bitcoin está custando, atualmente, centenas de milhares de reais. Mas o setor de NFTs ainda está engatinhando e, por isso, pode ser uma boa fonte de investimentos para aqueles que se interessarem por esse ramo. Para se ter uma ideia, uma imagem na internet de um gato, baseada em NFT, foi vendida recentemente por mais de meio milhão de reais. Isso atesta a disposição dos mercados de obterem essa tecnologia e, para tal, estarem dispostos a desembolsar altas somas de dinheiro.

Invista em NFT's

MoneyGuru Dinheiro.co - Informações sobre Economia, Dinheiro, Investimentos, Mundo e Tecnologia.