PMI composto na Zona do Euro sobe para 47,8 em novembro em dados preliminares, diz S&P Global

PMI composto da Alemanha vai a 46,4 e fica abaixo dos 50,0 pelo 5° mês seguido; na França, índice de 48,8 foi o mais baixo em 21 meses The post PMI composto na Zona do Euro sobe para 47,8 em novembro em dados preliminares, diz S&P Global appeared first on InfoMoney.

PMI composto na Zona do Euro sobe para 47,8 em novembro em dados preliminares, diz S&P Global

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto, que agrega serviços e indústria, da Zona do Euro subiu ligeiramente para 47,8 em novembro (ante 47,3 em outubro), de acordo com dados preliminares divulgados nesta quarta-feira (23) pela S&P Global. Esse é o maior patamar do indicador em dois meses.

Segundo a S&P Global, o índice de a setor de serviços na área do euro situou-se em 48,6 no mês (o mesmo dado observado em outubro), enquanto o PMI industrial subiu para 47,3 (46,4 em outubro), também registando a máxima dos últimos dois meses.

O consenso Refinitiv para o PMI de serviços era de 48,0 e para o da indústria era de 46,0.

Alemanha

Dentro da Zona do Euro, a Alemanha voltou a ficar abaixo dos 50,0 pelo quinto mês consecutivo. Seu índice PMI composto ficou em 46,4 (ante 45,1 em outubro) segundo os dados preliminares. Embora esse declínio recente tenha sido o mais fraco desde agosto, ainda foi o terceiro mais acentuado desde 2009, exceto durante o período mais agudo da pandemia.

O PMI da indústria atingiu 46,7 em novembro, ante 45,1 em outubro, e o PMI de serviços recuou um pouco, de 46,5 para 46,4, na mesma comparação. O consenso Refinitiv aponta para taxas de 45,0 na indústria e de 46,2 nos serviços.

França

Enquanto isso, a atividade total caiu na França, cujo índice PMI composto registrou 48,8 em novembro, marcando a primeira queda na atividade empresarial desde fevereiro de 2021.

A atividade do setor de serviços contraiu pela primeira vez desde março de 2021, com o PMI do setor atingindo 49,4 (ante 51,7 em outubro) e o PMI industrial caiu pela sexta vez consecutiva, para 49,1 em novembro (ante 47,2 um mês antes).

O consenso nesses casos aponta para 47,0 na indústria e 50,6 nos serviços.

No restante da Zona do Euro, a atividade total caiu pelo terceiro mês consecutivo, embora a queda em novembro tenha sido a menor observada nesse período. A ligeira retomada do crescimento da atividade no setor de serviços contrastou com a queda crescente da produção industrial, que caiu em um ritmo não visto desde março de 2013 (com exceção dos meses de lockdown devido à pandemia).

Conheça as estratégias usadas pelos maiores investidores do mundo. Cadastre-se e aumente seus ganhos na Bolsa de Valores.

The post PMI composto na Zona do Euro sobe para 47,8 em novembro em dados preliminares, diz S&P Global appeared first on InfoMoney.