YouTube desmonetiza canais da Jovem Pan

Em comunicado, plataforma citou repetidas violações do canal "Pingos nos Is" contra política de desinformação em eleições e diretrizes de publicidade sobre questões polêmicas e eventos sensíveis. Desmonetização pode ser permanente. Canal "Pingo nos Is" foi o responsável pelas violações, segundo a plataforma REUTERS/Lucy Nicholson O YouTube decidiu desmonetizar os canais da rede Jovem Pan por conta de desinformação eleitoral e violações de diretrizes de publicidade da plataforma relacionadas a questões polêmicas e eventos sensíveis. A informação foi confirmada pela rede social ao g1, citando o canal "Pingo nos Is" como o programa da emissora responsável pelas violações. "O canal Os Pingos nos Is incorreu em repetidas violações das nossas políticas contra desinformação em eleições e nossas diretrizes de conteúdo adequado para publicidade, incluindo as relacionadas a questões polêmicas e eventos sensíveis, atos perigosos ou nocivos, além de outras políticas de monetização. Desta forma, suspendemos a monetização do respectivo canal e dos outros que integram a rede Jovem Pan no YouTube, de acordo com nossas regras", escreveu a empresa, em nota. Toda vez que o YouTube aplica um tipo de suspensão, o canal penalizado ainda pode contestar a decisão. Caso a Jovem Pan não seja bem-sucedida na contestação, a desmonetização pode ser permanente. O canal "Pingo nos Is" é um dos maiores da emissora, com 5,38 milhões de inscritos e diversos vídeos diários com mais de 700 mil visualizações. O que é a monetização do YouTube? Para ganhar dinheiro com os vídeos, os canais precisam ter a monetização por meio do Programa de Parcerias do YouTube. Ele é usado para exibir propaganda em vídeos de um canal e repassar parte do dinheiro para o autor do conteúdo. Para manter a monetização, é preciso seguir as regras do YouTube. Caso elas sejam descumpridas, o canal pode ter os anúncios desativados em seus vídeos ou até mesmo ser encerrado pela plataforma. LEIA TAMBÉM: Monark tem canal no YouTube desativado após decisão judicial Google lança no Brasil relatório que mostra quem paga por anúncios políticos Conta suspensa ou retida? Entenda as punições do Twitter Initial plugin text

YouTube desmonetiza canais da Jovem Pan


Em comunicado, plataforma citou repetidas violações do canal "Pingos nos Is" contra política de desinformação em eleições e diretrizes de publicidade sobre questões polêmicas e eventos sensíveis. Desmonetização pode ser permanente. Canal "Pingo nos Is" foi o responsável pelas violações, segundo a plataforma REUTERS/Lucy Nicholson O YouTube decidiu desmonetizar os canais da rede Jovem Pan por conta de desinformação eleitoral e violações de diretrizes de publicidade da plataforma relacionadas a questões polêmicas e eventos sensíveis. A informação foi confirmada pela rede social ao g1, citando o canal "Pingo nos Is" como o programa da emissora responsável pelas violações. "O canal Os Pingos nos Is incorreu em repetidas violações das nossas políticas contra desinformação em eleições e nossas diretrizes de conteúdo adequado para publicidade, incluindo as relacionadas a questões polêmicas e eventos sensíveis, atos perigosos ou nocivos, além de outras políticas de monetização. Desta forma, suspendemos a monetização do respectivo canal e dos outros que integram a rede Jovem Pan no YouTube, de acordo com nossas regras", escreveu a empresa, em nota. Toda vez que o YouTube aplica um tipo de suspensão, o canal penalizado ainda pode contestar a decisão. Caso a Jovem Pan não seja bem-sucedida na contestação, a desmonetização pode ser permanente. O canal "Pingo nos Is" é um dos maiores da emissora, com 5,38 milhões de inscritos e diversos vídeos diários com mais de 700 mil visualizações. O que é a monetização do YouTube? Para ganhar dinheiro com os vídeos, os canais precisam ter a monetização por meio do Programa de Parcerias do YouTube. Ele é usado para exibir propaganda em vídeos de um canal e repassar parte do dinheiro para o autor do conteúdo. Para manter a monetização, é preciso seguir as regras do YouTube. Caso elas sejam descumpridas, o canal pode ter os anúncios desativados em seus vídeos ou até mesmo ser encerrado pela plataforma. LEIA TAMBÉM: Monark tem canal no YouTube desativado após decisão judicial Google lança no Brasil relatório que mostra quem paga por anúncios políticos Conta suspensa ou retida? Entenda as punições do Twitter Initial plugin text